APRENDA O PASSO A PASSO DE CUIDADOS COM AS AXILAS

by - 3/17/2016

Cuidar das axilas é importante tanto para a higiene e saúde como para a beleza da pele. Às vezes, alguns cuidados acabam sendo esquecidos. Confira dicas da Netfarma.

Você cuida realmente bem das suas axilas? Embora essa região do corpo possa passar a maior parte do tempo escondida sob as roupas, é fundamental adotar alguns hábitos básicos no dia a dia para manter a pele dessa área sempre limpa, saudável, hidratada e livre de manchas escuras. 

“As axilas são uma região delicada da pele e que pode facilmente apresentar irritações se não for bem tratada. Problemas como vermelhidão, manchas e outros desconfortos não são incomuns”, conta a dermatologista consultora da Netfarma.com.br , Geane Argolo. “Por isso, recomenda-se incluir alguns cuidados na rotina para preservar a saúde da região”, ela acrescenta.    

Confira as orientações gerais da especialista para manter as axilas em dia:
  • Mantenha a região limpa: A axila é uma das áreas do corpo que mais transpira. Por isso, é fundamental manter a região sempre limpa e seca. Quem sofre com a sudorese, a fim de evitar o odor na região, não aplique o desodorante sem antes lavar a área, com a água e sabão. Caso contrário, pode contribuir para proliferação de bactérias na região contribuindo para a persistência do odor no local.
  • Escolha bem o desodorante: Leia bem o rótulo e opte por produtos sem álcool e parabeno na fórmula, pois essas substâncias podem agredir as axilas deixando mais vulneráveis às dermatites irritativas. Peles mais sensíveis e ressecadas pedem desodorantes hidratantes, por isso as versões em roll on e creme costumam ser as mais indicadas. O desodorante em versão aerossol é uma boa opção para quem tem pele normal e mais resistentes.
  • Cuidado com a depilação: Passar a lâmina com muita frequência nas axilas pode causar irritação da pele e pêlos encravados. Caso note esses desconfortos, opte o creme depilatório ou depilação a laser. No caso do creme, escolha os específicos para as axilas, e que contenham hidratante. O laser é uma técnica indicada, pois deixa os pêlos mais finos e diminui a quantidade. No entanto, são necessárias em média 6 a 10 sessões para obter um resultado satisfatório. No caso da depilação com cera, deve haver cuidado para não manchar ou escurecer a pele. Para evitar esse problema, é preciso evitar a exposição solar por alguns dias após a depilação. Se a técnica for com cera quente é preciso executar na temperatura adequada, para evitar queimaduras. A cera depilatória também pode tirar a camada de proteção da pele, deixando-a mais exposta e vulnerável.
  • Invista na hidratação: Por ser uma região sensível, é preciso manter a pele das axilas sempre hidratada. Para isso, quando passar creme hidratante no corpo, espalhe também nas axilas, massageando a região. Tome cuidado para que estejam bem secas antes da aplicação. Opte pelos cremes, deixando de lado os óleos hidratantes, que podem causar oleosidade excessiva e obstruir os poros, originando processo inflamatório nos folículos pilosos.
  • Faça esfoliação: Esfoliar a pele das axilas também é uma boa dica, pois ajuda a remover as impurezas, células mortas da região e resíduos do desodorante. Você pode usar uma bucha vegetal para fazer a esfoliação durante o banho. No entanto, não exagere, faça somente uma vez por semana, ou poderá sensibilizar a pele.
 *A Dra. Geane Argolo é dermatologista consultora da Netfarma e atende na Clínica Dr. Família

Postagens relacionadas

0 COMENTÁRIOS